Instituto da Música Judaica - BRASIL

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 

Veja as fotos

Veja o Video

 O KLEZTIVAL – Festival de Música Klezmer, foi o primeiro evento do gênero no Brasil e o primeiro evento do INSTITUTO DA MÚSICA JUDAICA – BRASIL.

Foi uma mostra não competitiva de música, que, ao longo de cinco dias – de 23 a 27 de setembro de 2010 - incluiu apresentações de grupos musicais, palestras e workshops, voltadas para um público de todas as idades, com o objetivo de preservar, divulgar e promover a música judaica, no gênero Klezmer. 

Organizado pelo INSTITUTO DA MÚSICA JUDAICA - BRASIL, sob a direção executiva da cantora e compositora paulista, Nicole Borger e sob a direção musical do renomado trompetista norte americano FRANK LONDON, líder do grupo THE KLEZMATICS, vencedor do Premio Grammy de Música, o KLEZTIVAL reuniu bandas, instrumentistas, e cantores, nacionais e internacionais, para uma vivência única, numa atmosfera de prolífera troca cultural e aprendizado recíproco, em benefício do público, apreciador de música de qualidade.

• PROGRAMA

23 10:00hs A Hebraica - Workshop com Frank London.
20:00hs Museu da Casa Brasileira - Show de Abertura com os grupos Zamarim, Azdi e Zemer e Frank London.
22:30hs Jazz Nos Fundos - Lançamento de CD "Klezmeriando Novas (e Velhas) Canções" de Nicole Borger & Klezmer4, participação de Claudio Levitan, Neshume Bruder e outros.
24 12:30hs Centro Cultural São Paulo - Apresentação de Klezmer 4, Neshume Bruder, Zemer, Claudio Levitan e Frank London
15:30hs Comunidade Shalom - Workshop e ensaio da Orquestra do Kleztival.
18:30hs Comunidade Shalom - Cabalat Shabat festivo.
25 10:30hs A Hebraica - Workshop com Frank London, "Zmirot e Nigunim" (Shira be tzibur) aberto ao público.
15:00hs Residencial Lev - Apresentação do grupo Zemer
20:00hs Hebraica - Lançamento do livro "Aleijadinho, o Violoncelo" de  Marcia Glogowsky
21:00hs Hebraica - Show de Gala - todas bandas (ingressos no local)
26 11:00hs A Hebraica - Workshop - Musica no Gueto - Samuel Belk
12:00hs A Hebraica - Show do Meio Dia
20:00hs CIP - Show da Orquestra do Kleztival (ingressos no local)
27 10:00hs Escola Bialik - Concerto Didático
14:00hs Escola I.L.Peretz - Concerto Didático
15:00hs Residencial Albert Einstein - Sarau Iídiche

LOCAIS DOS EVENTOS
A Hebraica - R. Hungria, 1000 - Tel. 3818-8800
Museu da Casa Brasileira - Av. Faria Lima, 2705 - Tel. 3032-3727
Jazz Nos Fundos - R. João Moura, 1076 - Tel. 3083-5975
Centro Cultural São Paulo - Av. Vergueiro, 1000 - Tel. 3397-4042
Comunid Shalom - R. Cel. Joaquim Ferreira Lobo, 195 - Tel. 3849-1477
Residencial Lev - R. Marques de Itu, 816 - Tel. 3333-3058
CIP - R. António Carlos, 653 - Tel. 2808-6299
Colegio Bialik - R. Simão Alvares, 680 - Tel. 3093-0830
Colegio I.L.Peretz - R. Madre Cabrini, 175 - Tel. 5574-3636
Residencial Isr. A. Einstein - R. Cel. Lisboa, 209 - Tel. 2151-1233

notas

Divulgação e Retorno para os Patrocinadores

• A mostra mobilizou diretamente cerca de 150 pessoas. Foram doze grupos brasileiros e internacionais, apresentando-se durante cinco dias, sob a coordenação musical de Frank London, trompetista, bandleader e compositor, e um dos mais renomados instrumentistas norte-americanos, ativos em música klezmer, no mundo. Com sua banda, The Klezmatics, ganhou o prêmio Grammy em Contemporary World Music para "Wonder Wheel” (letra de Woody Guthrie).

•A produção e organização do evento ficaram a cargo do IMJ- Brasil , sob a direção de Nicole Borger e demais membros e voluntários do Instituto, em parceria com a "A Hebraica"  e com as diversas entidades que sediaram os eventos, para alcançar um público estimado em aproximadamente 5.000 pessoas, apreciadoras de boa música. A realização de um empreendimento desse vulto, em locais públicos de grande capacidade, certamente representou um retorno vantajoso, em termos institucionais, para todas as empresas e entidades parceiras.

• O  festival foi divulgado nos principais meios de comunicação  da comunidade judaica e, quando possível, em outros órgãos de mídia externa (jornais, revistas, rádio e televisão  através de assessorias de imprensa das entidades parceiras, tais como "A Hebraica", Museu da Casa Brasileira e a do próprio IMJ- Brasil e das revistas e jornais .

• A divulgação também foi feita através de malas-diretas dos grupos participantes, das entidades que sediaram as apresentações, e outras instituições que  nos apoiaram, como a Federação Israelita do Estado de São Paulo.